PM FECHA BOCA DE FUMO: Um homem é preso e dois menores apreendidos no Bairro Jardim Icaraí em VG

A guarnição da Polícia Militar em rondas pelo bairro Jardim Icaraí na tarde desta segunda-feira deparou com três indivíduos em atitude suspeita em frente a uma residência, sendo feita a abordagem policial e na busca pessoal foi encontrado em poder de um dos menores entorpecentes e aparelhos celulares.

Nas buscas realizadas na residência foram encontradas mais porções de entorpecentes.

A senhora Vanusa mãe dos menores negou ser a dona da droga e relatou que a droga pertencia a seus filhos.

Na residência ainda forma encontradas mais diversas porções de drogas escondidas em buracos nas paredes e em uma bolsa de cor preta também foram encontrados entorpecentes e dinheiro em espécie.

O suspeito identificado como Davi Catarino Lopes, 18 anos, assumi ser o proprietário da droga.

Na residência também foi encontrado vários botijões de gás e um televisor Phillips 40 polegadas de procedência duvidosa.

O suspeito Davi confessou que seu irmão Danilo era seu sócio na comercialização da droga, porém o mesmo encontrava-se preso acusado do roubo praticado a Joalheria Atacadão dos Óculos e que os menores D, C. L, 15 nas, e A. E. F, 17 anos, eram os responsáveis pelo tráfico na modalidade “formiguinha” na região para não despertar a atenção da polícia.

Davi disse ainda que em uma região de mata entre os bairros Jardim Primavera e Parque Del Rey havia mais entorpecentes escondidos.

A guarnição se deslocou até o local onde foi realizada a varredura, sendo que o suspeito aproveito o momento para tentar foragir sendo necessário o uso de força para conte-lo.

Questionados sobre o verdadeiro local onde estaria escondido o restante da droga o menor e A. E. F, e o suspeito Davi levaram os militares até uma chácara onde foi localizado uma lata contendo entorpecentes e uma balança de precisão.

Na operação foram apreendidas 30 porções de substância análoga à maconha, 1/2 barra de da mesma substância, 01 balança de precisão, 04 aparelhos de celulares, 05 rolos de papel filme, 01 tesoura e 360 reais em espécie.

Os suspeitos Davi Catarino Lopes, D. C. L, e A. E. F, foram conduzidos a Central de Flagrantes para a confecção do boletim de ocorrência e demais providências cabíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.