PM liberta 14 reféns que eram mantidos amarrados em fazenda em Barra do Garças

Uma das vítimas contou que outros 13 colegas estavam amarrados e sendo agredidos desde as 5h da manhã e tiveram vários pertences e dinheiro roubados

Policiais do 2º BPM de Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá) prenderam nesta quinta-feira (13.05) três homens e apreenderam um adolescente – todos envolvidos no sequestros de 14 funcionários de uma fazenda, na zona rural da cidade.

A informação chegou via 190, descrevendo que pessoas eram mantidas em cárcere privado, amarradas e passando por sessões tortura e os criminosos estavam armados.

No local, a porteira estava trancada com correntes e cadeados. Um Fiat Strada branco foi identificado escondido entre a vegetação e os policiais chegaram a ver um homem sair do carro, mas ele não foi localizado posteriormente.

Dentro da propriedade, um dos suspeitos foi visto na companhia de uma das vítimas. Ele estava armado e com a aproximação dos policiais jogou o revólver calibre 38 e se entregou.

A vítima contou que outros 13 colegas estavam amarrados e sendo agredidos desde as 5h da manhã e tiveram vários pertences e dinheiro roubados. Na sede da fazenda, o grupo mantido refém estava amarrado e disse que com a chegada dos policiais, os criminosos fugiram com armas de fogo e facas. Três deles foram rendidos juntos. Um deles carregava R$ 4.5 mil em dinheiro.

No fundo da fazenda estava o Jeep Renegade azul usado pelo bando. A propriedade teve a porta quebrada por chutes.

No local, oito caminhões gaiolas seriam utilizados para levar todo o gado da fazenda. Os motoristas alegaram que foram contratados por um homem. Todos foram conduzidos à Delegacia para prestar esclarecimentos.

Foi apreendido um revólver calibre 38, com seis munições além do material utilizado para manter as vítimas presas. Dinheiro, celulares e pertences pessoais das vítimas foram recuperados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *