PM prende suspeito por segurar e vender vagas nas filas de atendimento do auxílio emergencial

Após resistir ao procedimento de abordagem pessoal, os policiais conduziram o suspeito à delegacia.

Um homem foi levado à delegacia em Rondonópolis, suspeito de vender lugares na fila para pessoas que buscam auxílio emergência. O caso foi registrado no centro da cidade, na noite desta quinta-feira (01.10).

Por volta das 23h, populares acionaram a PM para deter moradores de rua que estavam segurando fila e ameaçando as pessoas que chegavam para aguardar o atendimento para receber o auxílio emergencial. Segundo testemunhas, os suspeitos cobram o valor de R$ 100 para assegurar uma vaga na fila.

Os policiais abordaram um grupo de suspeitos, um dos indivíduos não quis colaborar com os procedimentos de checagem; se negando a passar informações pessoais como nome e proferindo palavrões e xingamentos aos militares. O homem se recusou a colaborar com a verificação durante a revista pessoal e chegou a fazer ameaças de dar um soco em um soldado da PM que realizava o atendimento da ocorrência. 

Diante da recusa e não colaboração seguida de ameaças, os policiais imobilizaram o suspeito fazendo uso da arma não-letal chamada  Spark. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes. Foi constatado que o suspeito possui diversas passagens criminais. 

A ocorrência foi entregue à Polícia Civil. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *