PM prende suspeito por tráfico e uso ilícito de drogas no bairro Engordador em VG

Três pessoas foram presas na tarde desta sexta-feira (08) acusadas de tráfico de drogas, uso ilícito de drogas, direção perigosa, dirigir sem estar habilitado e resistência.

Conforme consta no boletim de ocorrência nº 2019.335694, os militares foram informados que um veículo VW Santana de cor azul, placa 4717, havia cometido alguns roubos e furtos em Várzea Grande.

Diante das informações os militares intensificaram as rondas e depararam com uma motocicleta Honda XRE de cor vermelha, placa 0531, em alta velocidade, sendo dada ordem de parada que não foi acatada pelo condutor.

Após um período de acompanhamento o suspeito identificado como  Eliandro caiu ao solo e dessa forma feita a abordagem policial.

No momento da abordagem o suspeito não portava documentos de identificação e nem carteira de habilitação. Após a checagem foi constatado que o mesmo possui várias várias passagens criminais.

Na busca pessoal foi localizado em poder do mesmo algumas  porções de substância análoga à maconha.

O suspeito informou aos militares que residia no bairro Engordador  nas proximidades do Rio Cuiabá.

No trajeto até a residência do suspeito os militares foram informados pela guarnição do 25º BPM que Eliandro era conhecido na região por comercializar entorpecentes.

Na residência do suspeito os militares foram recebidos pelos suspeitos identificados como Luis e Marilza que estavam no local.

Na residência foi localizado  porções de maconha em cima da geladeira e uma sacola contendo mais entorpecentes e dinheiro trocado.

O suspeito relatou as militares que era amigo de Eliandro e usuário de drogas e que Marilza era esposa do suspeito Eliandro.

Ao perceber que seria preso por tráfico de drogas o suspeito tentou foragir, sendo necessário o uso de força para conte – lo.

Questionado sobre entorpecente e se havia mais produtos ilícitos no local o suspeito disse que havia nas proximidades do rio, porém após busca s no local nada foi encontrado.

O suspeito disse aos militares que era pescador e que durante o  período noturno praticava a pesca predatória.

Os policias militares realizaram nova busca na residência e localizaram uma rede de pesca atrás do sofá.

O suspeito disse por várias vezes que havia entorpecentes escondido na residência de seu avô, porém após buscas realizadas nada de ilícito foi localizado.

Ao retornarem para realizar a apreensão da motocicleta na residência de Eliomar os militares foram recebidos pela prima do suspeito que relatou que estava ali aguardando os demais familiares.

Feita uma nova busca no local onde foi localizada escondida embaixo de tijolos uma sacola contendo mais entorpecentes e 01 simulacro de arma de fogo.

Diante dos fatos os suspeitos Eliandro Carlos de Jesus, 34 anos, Marilza Pereira Lima, 20 anos, e Luiz Fernando Vieira da Silva, 26 anos, foram conduzidos a Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *