PM prende três suspeitos e apreende R$ 15,9 mil de golpes aplicados via site de venda e whatsapp

Pouco antes da prisão, quando eram acompanhados pelos policiais em uma avenida com tráfego intenso, um dos ocupantes desceu do carro e correu a pé levando uma sacola na mão, sacola onde estavam os R$ 15 mil apreendidos

No bairro Novo Paraíso, em Cuiabá, policiais do 3° Batalhão de Polícia Militar prenderam na tarde desta terça-feira (21.07), três suspeitos (de 23, 26 e 30 anos) de aplicar golpes, crime de estelionato, por meio de sites de venda e pelo aplicativo de whatsapp. 

Com os suspeitos foram apreendidos R$ 15,9 mil, cinco aparelhos celulares, inúmeros chips avulsos de celular, além de uma máquina de passar cartões (de crédito e débito), e um veículo modelo ônix, de cor preta. Grande parte do dinheiro, R$ 15 mil, estava em uma sacola com um dos ocupantes do veículo, que foi preso tentando fugir a pé. A outra, R$ 900, com os demais presos.  

As prisões aconteceram a partir de denúncias sobre homens que estariam aplicando golpes de falsas vendas nas regiões do Jardim Vitória e Jardim Florianópolis. Os policiais identificaram o carro ocupado pelos suspeitos, porém eles tentavam fugir da abordagem.

De acordo com a narrativa dos policiais, por diversas vias o condutor, de 30 anos, dirigiu em alta velocidade colocando outros condutores e pessoas em perigo. Em uma via com trânsito intenso um dos ocupantes desceu do carro e tentou fugir levando uma sacola na mão, sacola onde após a prisão os policiais descobriram que estavam os R$ 15 mil apreendidos. Quando os policiais prenderam esse suspeito, de 23 anos, apontado na denúncia como o principal “cabeça” do trio, ele nem sabia quanto de dinheiro levava na sacola.

Os três acabaram presos e foram entregues na Central de Flagrante da Polícia Judiciária Civil. O condutor não apresentou documentação do veículo e não tem habilitação para dirigir. A partir dessa ação da PM a PJC prossegue como outras medidas, como enquadramento criminal e investigação dos golpes. 

PMMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *