Polícia Civil cumpre mandados em investigação para esclarecer desaparecimento de mulher em Cuiabá

Vítima de 40 anos está desaparecida desde maio deste ano

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), cumpriu dois mandados de busca e apreensão domiciliar na manhã desta quarta-feira (28.10). 

A ação de cumprimento das ordens judiciais fazem parte do inquérito instaurado pela Polícia Civil para investigar o desaparecimento de Lucimar Fernandes Aragão de 40 anos, ocorrido em maio deste ano. 

Os dois mandados de busca e apreensão domiciliar tinham como alvos duas residências de propriedade do principal suspeito (namorado) do desaparecimento da vítima. Uma casa está localizada no bairro Parque Geórgia, na Capital, e a outra situada na Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande.

Conforme o delegado da DHPP, Anderson Veiga, que conduz as investigações, a ação na manhã desta quarta-feira é apenas umas das diligências que estão sendo realizadas pelos policiais civis para esclarecer o desaparecimento.

“Nos imóveis foram apreendidos objetos que serão analisados e submetidos á perícia. O trabalho investigativo prossegue de forma interrupta no sentido de localizar a desaparecida, a qual acredita-se que esteja morta e o cadáver ocultado”, informa o delegado Anderson Veiga.

Desaparecimento

Lucimar Fernandes Aragão, 40 anos, desapareceu no mês de maio e somente no dia 10 de agosto, a mãe da vítima procurou a polícia em razão da filha estar um pouco afastada da família.

A comunicante informou que desde maio não falava com a filha, que estava com o celular desligado. A mãe foi até a residência de Lucimar e encontrou a casa e o carro dela com aspecto de abandono.

Na ocasião, ela conseguiu informação da casa onde sua filha estava morando com o namorado. No endereço do namorado, ele foi perguntado sobre o paradeiro de Lucimar, informando que teve uma briga com a namorada e ela teria sumido.

Ainda de acordo com algumas testemunhas, por diversas vezes o casal foi avistado brigando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *