Polícia Civil pede conversão de flagrante em preventiva de suspeito de atirar em enteados em Várzea Grande

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG), representou pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, do suspeito de atirar contra os dois enteados, de 13 e 16 anos, na tarde de sábado (18.05), no bairro São Simão, em Várzea Grande.

O suspeito Adinas de Lana, 48, foi preso, nesta segunda-feira (20.05), em ação da Polícia Militar e encaminhado a DEDMCI-VG onde foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio, ameaça contra a ex-companheira e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.  

O crime ocorreu na tarde de sábado (18), em um bar no bairro São Simão. Na ocasião, a equipe da Polícia Militar foi acionada da ocorrência de disparos de arma de fogo. No local, foi verificado que durante uma discussão o suspeito efetuou disparos de arma de fogo contra dois adolescentes, filhos de sua companheira.

Logo em seguida, o suspeito foragiu do local e a arma (um revólver calibre 38) com quatro munições deflagradas foi apreendida, em um terreno próximo ao local. As vítimas socorridas e encaminhadas a Pronto Socorro Hospital e Maternidade de Várzea Grande (PSHM-VG), onde foram atendidas e não corriam risco de vida. 

Em diligências continuadas, a Polícia Militar realizou a prisão do suspeito, nesta segunda-feira (20), no bairro Costa Verde, em Várzea Grande. Ele foi conduzido a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, onde foi interrogado pela delegada Mariell Antonini Dias.

O suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de dupla tentativa de homicídio, ameça no âmbito da Lei Maria da Penha e porte ilegal de arma de fogo, sendo representado no procedimento pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *