Polícia Civil prende traficante que atuava na UFMT e em escolas particulares da Capital

Um jovem investigado por comercializar entorpecentes na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e em outras escolas particulares de Cuiabá, foi preso pela Polícia Judiciaria Civil na manhã desta sexta-feira (10.05), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) para cumprimento de mandado de busca e apreensão.

I.S.V. de 26 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, resistência a prisão e lesão corporal. Em poder do suspeito foram apreendidas porções de maconha e de cocaína, embaladas prontas para venda, comprimidos de LSD, dinheiro, um veículo e outros materiais utilizados para a traficância.

Os policiais civis da DRE em investigação para combater o tráfico de droga na região do Coxipó, nas proximidades das unidades de ensino, conseguiram identificar o suspeito como responsável por fornecer entorpecentes para os estudantes.

Conforme apurado, I.S.V. usava o automóvel Onix de cor vermelha para fazer entrega da droga, a qual era pedida por telefone (modalidade delivery). O preso também é investigado por vender as substâncias ilícitas dentro do campus da UFMT na Capital, ficando no refeitório e outras partes da Instituição.

Com base indícios colhidos pelos investigadores, a DRE representou pelo mandado de busca e apreensão, tendo como alvo a casa do suspeito. Com a ordem judicial decretada pela 13ª Vara Criminal de Cuiabá, os policiais civis foram até o endereço, no bairro Jardim Europa, onde ao atender o chamado da equipe, I.S.V. tentou impedir o trabalho de busca no local.

Na casa, foram apreendidas porções de entorpecentes (maconha e de cocaína), comprimidos de LSD, quantia em dinheiro trocado, outros materiais utilizados para a traficância e o carro Onix vermelho.

Após o flagrante, o suspeito ainda resistiu a prisão, causando lesões corporais em três policiais civis. Conduzido à DRE, I.S.V. foi interrogado e preso pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, resistência a prisão e lesão corporal.

De acordo com o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a ação em cumprimento ao mandado antecedeu duas festas organizadas por calouros, marcadas para acontecer nesta sexta-feira, no Campus da UFMT, sendo uma a partir das 10 h (Pagodão) e outra no período da noite (denominada Clandestina).

“As drogas apreendidas seriam comercializadas nas duas festas que ocorrem nas dependências do Campus. O preso é considerado extremamente agressivo. Certo tempo atrás durante uma abordagem policial, o suspeito conseguiu fugir ao jogar seu veículo em cima da viatura da Polícia Civil, ocasião em que um policial ficou ferido”, disse o delegado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *