Policiais civis prendem em flagrante autor de tentativa de latrocínio ocorrida em chácara em Jangada

Vítimas ficaram bastante feridas, com cortes e escoriações pelo corpo; criminoso roubou veículo do proprietário da chácara

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (DERF) prenderam em flagrante neste sábado (03.04) o autor de uma tentativa de latrocínio e roubo ocorridos em uma chácara no município de Jangada.  As vítimas, um homem de 58 anos e o outro de 29, sofreram golpes na cabeça e pelo restante do corpo. Uma das vítima sofreu um corte profundo na cabeça e precisou ser suturado. 

Após as vítimas registrarem os fatos na Polícia Civil, a equipe da DERF iniciou as diligências para localizar o criminoso. Conforme relato de uma das vítimas, o suspeito, de 19 anos, foi contratado para prestação de serviço na propriedade rural.

Na madrugada de sexta-feira, por volta das 3h30, aproveitando que as vítimas estavam dormindo, ele se armou com um cabo de enxada, entrou no quarto e desferiu golpes na cabeça dos dois homens.

As vítimas acordaram com os golpes iniciais e entraram em luta corporal com o suspeito, que estava com duas facas também. Após as agressões, que deixaram marcas de sangue em vários cômodos da casa, o suspeito roubou um veículo modelo VW Saveiro, ano 20121, e fugiu da chácara.

Com base nas informações passadas pelas vítimas, os investigadores realizaram diligências em diversos lugares para localizar o suspeito, inclusive na empresa onde ele trabalha e em casa de parentes.

Os investigadores retornaram mais uma vez na distribuidora de água e gás, no bairro Dom Aquino,  e se depararam com o criminoso chegando ao local.

Como estava em período de flagrante, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à DERF. Em depoimento ao delegado Guilherme de Carvalho Bertoli, o suspeito alegou que foi para a chácara já com a intenção de roubar o carro da vítima. Ele declarou que ao entrar no quarto, armado com o cabo de enxada e as facas, para pegar a chave do veículo, a vítima acordou e ele então desferiu um golpe com o pedaço de madeira e depois entraram em luta corporal.

Ainda em depoimento, o criminoso declarou que ao conseguir pegar a chave do veículo, seguiu para Cuiabá e no trajeto retirou as placas do carro e também jogou fora a camisa que usava e estava manchada de sangue. Em Cuiabá, ele entrou em contato com um conhecido, que trabalha como entregador de água e gás e ofereceu o veículo, que foi vendido por R$ 4 mil.

Os investigadores continuam as diligências a fim de localizar a pessoa a quem o criminoso  vendeu o veículo.

Após os procedimentos do flagrante, o autor do crime foi autuado pelos crimes de latrocínio tentado e roubo. Ele foi encaminhado para audiência de custódia do Poder Judiciário.

O delegado Guilherme Bertoli encaminhou representação à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *