Policial penal de 34 anos morre com Covid-19 em Pontes e Lacerda

Éverson trabalhava no sistema penitenciário desde 2013 e atuou também em Jauru e Cáceres.

O policial penal Éverson Andrade dos Santos, de 34 anos, morreu em decorrência da Covid-19 — Foto: Arquivo pessoal

O policial penal Éverson Andrade dos Santos, de 34 anos, morreu em decorrência da Covid-19 nessa sexta-feira (26) em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá.

Éverson trabalhava no sistema penitenciário desde 2013 e atuou também em Jauru e Cáceres.

O Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindispen), lamentou a perda, por meio de nota.

Hoje perdemos um amigo, um irmão, um profissional querido que sempre buscava realizar suas tarefas com eficiência, na batalha contra o coronavirus. Ele não resistiu, mas deixa seu legado escrito nos livros de vencedores do sindicato e sua história, verdadeiramente, ganha um ponto final aqui na terra, mas Deus há de lhe dar a vida eterna. Difícil de acreditar, mas ele cumpriu sua missão”, diz trecho.

Mais de 7 mil pessoas morreram por causa da Covid-19 e mais de 300 mil pessoas foram infectadas em Mato Grosso desde o início da pandemia.

Uma morte a cada 19 minutos

Uma pessoa morreu por Covid-19 a cada 19 minutos em Mato Grosso, na última semana. Segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), foram 524 mortes em decorrência do novo coronavírus do dia 18 até essa quinta-feira (25).

Na última semana, 74 mortes por Covid-19, em média, foram registradas por dia no estado.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Na semana anterior, entre os dias 11 e 18, foram 469 óbitos confirmados no total, uma média de 67 por dia. Ou seja, a cada 21 minutos, uma pessoa morreu vítima da doença.

Já há duas semanas, do dia 4 ao dia 11 , foram 341 mortes. Ou seja, a Covid-19 fez uma vítima a cada 29 minutos nesse período.

Dessa forma, os dados apontam que o número de mortes por hora está aumentando ao longo das semanas. O mês de março, antes de terminar, já é o mais fatal desde o início da pandemia em Mato Grosso.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *