Por reajuste: No dia nacional do ACS e ACE, Dr. Leonardo reforça luta pela categoria

Presidente da Frente parlamentar em Defesa do ACS e ACE, Dr. o deputado licenciado Leonardo mantém luta para derrubada do veto 44 item 5 e, dessa forma, garantir reajuste no piso salarial da categoria em 2022

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate às Endemias (ACS e ACE), deputado federal licenciado Dr. Leonardo, reforçou em suas redes sociais que mantém luta para derrubada do veto presidencial 44 item 5, para garantir a possibilidade de reajuste no piso salarial da categoria em 2022, que está prevista para o dia 05. 

A declaração aconteceu nesta segunda-feira (04), dia nacional da categoria, que está sendo marcado por mobilizações desses profissionais em todo Brasil.  “Essa data é muito especial, mas a valorização tem que ser todo dia. Os ACS e os ACE são fundamentais para a saúde pública. Mesmo licenciado, estou em contato com outros deputados para lutar pela derrubada do veto 44, item 5, e assim buscar o reajuste salarial dos ACS e ACE”, afirmou Dr. Leonardo. 

O Veto 44 item 5 trata-se de um veto à emenda na Lei de Diretriz Orçamentárias (LDO) 2022 feita pelo deputado Dr. Leonardo que prevê recursos para um eventual reajuste no piso salarial dos ACS e ACE. Licenciado para recuperação após uma cirurgia no fêmur, o presidente da Frente Parlamentar tem buscado apoio de outros parlamentares para garantir esse direito aos agentes.

“Mas temos muitas outras lutas também, precisamos avançar com a PEC 22, com a PEC 14, concretizar conquistas como garantir o repasse do recurso adicional de final de ano aos ACS e ACE, dar condições de trabalho e segurança a essa categoria que é a grande responsável pela promoção de saúde pública no Brasil”, disse Dr. Leonardo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *