Presidente da CBF elogia Arena Pantanal na vitória do Atlético-MG sobre o Flamengo

Diante de um público estimado de pouco mais de 31 mil torcedores, o Atlético-MG levantou a taça da Supercopa do Brasil neste domingo (20.02) ao vencer o Flamengo na Arena Pantanal depois de uma eletrizante disputa de pênaltis

“Um grande espetáculo do futebol em Mato Grosso”, definiu o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, sobre a decisão da Supercopa do Brasil, realizada na tarde deste domingo (20.02), entre Flamengo e Atlético (MG), na Arena Pantanal.

“Estamos muito felizes em poder realizar esse clássico na Arena Pantanal, que a propósito foi muito bem escolhida para essa partida. O gramado está excelente, muito bem cuidado. Parabéns ao Governo de Mato Grosso pelo excelente trabalho realizado. Um jogo transmitido para todo o Brasil, e que os mato-grossenses tiveram um motivo a mais para vibrar”, declarou Ednaldo Rodrigues.

Diante de um público de pouco mais de 31 mil torcedores, o Atlético (MG) levantou a taça da Supercopa do Brasil ao vencer o Flamengo, em Cuiabá. A partida ficou em 2 x 2 no tempo regular e foi decidida nos pênaltis, por 8 x 7.

“Que jogaço! Um privilégio e motivo de muito orgulho para todos os mato-grossenses. Aquela que já foi apontada como ‘elefante branco’ e que virou a ‘queridinha da Copa América’, hoje recebeu duas das principais equipes do Brasil. Assim, nossa Arena Pantanal segue como uma das grandes protagonistas do futebol brasileiro”, destacou Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

A CBF liberou a comercialização de 31.219 ingressos para a decisão da Supercopa do Brasil. Com bilhetes esgotados em poucas horas, a Arena Pantanal recebeu a capacidade máxima permitida (80%, conforme o decreto municipal). Ficou estipulado que, para acessar e permanecer na Arena Pantanal, o público precisou apresentar comprovante de imunização contra a Covid-19, com pelo menos a segunda dose ou dose única.

“Muito emocionante sentir a energia contagiante da Arena Pantanal em dia de festa. Agradeço ao Aron Dresch, presidente da Federação Mato-grossense de Futebol, que tanto lutou para que essa partida fosse realizada aqui. Ao governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes pelo comprometimento de sempre como esporte em Mato Grosso, e à equipe da Secel que tanto se dedica”, concluiu Beto.

Mesmo não utilizando a capacidade máxima que comporta a Arena Pantanal (aproximadamente 42 mil torcedores), por causa das restrições da pandemia, as torcidas de Flamengo e Atlético (pouco mais de 31 mil torcedores compareceram à Arena) contribuíram para um belo espetáculo do futebol brasileiro. Para garantir a segurança da partida em Cuiabá, um esquema de aproximadamente 200 servidores das forças de segurança de Mato Grosso foi montado.

“A Arena Pantanal está de parabéns. Essa partida abre portas para outros jogos importantes que certamente virão para Mato Grosso. A CBF quer isso, descentralizar os grandes eventos e privilegiar estádios que possam proporcionar espetáculos como esse de hoje, com qualidade e segurança”, concluiu Ednaldo Rodrigues.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.