Promotor revela investigação por outros crimes de Ronaldinho e Assis

Após pedir a manutenção da prisão de Ronaldinho Gaúcho e Assis, o promotor Osmar Legal concedeu entrevista ao programa Esporte Espetacular, da TV Globo, revelando a suspeita por outros crimes cometidos pelos irmãos.

“Eles estão sendo processados por uso de documentos de conteúdo falso. O passaporte que eles utilizaram para entrar no Paraguai foi emitido por autoridades legais, mas os dados contidos nos documentos foram adulterados. A acusação contra eles é pela utilização desses documentos. Essa investigação ainda está no início e podem haver outros atos criminosos que envolvam o Ronaldo e o Assis. É importante que eles sigam aqui no Paraguai durante esse processo”, disse o promotor.

Foto: Norberto Duarte / AFP

Osmar Legal ressalta que informações em torno da investigação são sigilosas, mas garante que existem indícios de outras ilegalidades cometidas pelos ex-atletas.

Perguntado sobre os motivos que podem ter levado Ronaldinho e seu irmão a falsificarem o passaporte paraguaio, o promotor afirmou: “Um brasileiro com documentação paraguaia poderia ter a vantagem de participar de negócios em algumas empresas no país. Que não seriam dadas sem a cidadania paraguaia”.

Apesar de reconhecer Ronaldinho Gaúcho como um ídolo mundial, Osmar Legal garante que o caso do ex-jogador será tratado como o de qualquer outro cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *