Prostituta é obrigada a tomar água com sabão e vinagre após roubo em prostíbulo

Após ser obrigada a beber água com sabão e vinagre, uma garota de programa procurou a polícia, para denunciar sua cafetina por agressão, calúnia e difamação. O caso correu no bairro Jardim das Palmeiras, em Campo Novo do Parecis (a 394 km de Cuiabá), na última terça-feira (10). A empresária, identificada apenas como Patricia, até o momento não foi localizada pela polícia.

De acordo com a vítima, a dona do local a acusou de ter furtado um celular e, como castigo, a agrediu com um pedaço de madeira e praticou uma série de tortura. Consta no boletim de ocorrência, que sob ameaças de morte, e com uma faca na mão a suspeita obrigou a vítima a beber água misturada com sabão e vinagre. A prostituta disse que é comum as agressões no local.A vítima teve ferimentos no corpo, principalmente nos braços. Em um determinado momento a vítima conseguiu fugir do local e pediu socorro.

A polícia foi chamada, fez buscas, entretanto, não encontrou a mulher. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Rafael Medeiros

One thought on “Prostituta é obrigada a tomar água com sabão e vinagre após roubo em prostíbulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *