Representantes da Desenvolve MT recorre à ALMT por aporte financeiro

Deputados levarão demandas ao governador Mauro Mendes

MT solicitaram apoio da Assembleia Legislativa para o restabelecimento da capacidade de atuação e aumento da autossuficiência financeira. As reivindicações foram feitas durante reunião na Presidência, nesta segunda-feira (15), com o presidente da ALMT, Eduardo Botelho (DEM) e os deputados Carlos Avallone (PSDB), Allan Kardec (PDT) e Elizeu Nascimento (DC). Nova rodada de discussão será feita, ainda nesta semana, junto com o Governo do Estado.

Na oportunidade, Botelho disse que é preciso intervenção do governo para garantir a sobrevivência da Desenvolve MT. Dentre elas, segundo o presidente, estão o aporte de recursos mensais e mudanças na administração dos cartões. “Vamos levar essas reivindicações para negociar junto ao governo e secretário de Fazenda, pois a Desenvolve MT é muito importante, pois os pequenos precisam desse apoio, faz parte do governo fazer esse auxílio, dar estrutura. Não pode ser um governo só de obras, mas de social também. Tenho certeza que vamos encontrar uma solução”, explicou Botelho.

De acordo com a representante da entidade, Anne Cristine Siqueira, diretora de Desenvolvimento e Crédito, a reunião com os deputados foi fundamental para a consolidação ‘salvar’ a agência.

“Que a gente consiga levantar mais recursos para fazer o apoio aos microempreendedores; aumentar a carta de crédito e viabilizar a agência e, com isso, aumentar nossas receitas. Esperamos que a Assembleia nos apoie nessas demandas. Os deputados já se dispuseram a fazer uma reunião com o governador para viabilizar a agência financeiramente”, informou a diretora.

Anne alerta que houve redução significativa na receita em 2020 e que as despesas são altas, além da necessidade de recursos para investir em tecnologia. Também explicou que é necessário aumentar a carta de crédito em R$ 30 milhões.

Para destacar a importância da agência, o deputado Avallone citou como exemplos os setores de eventos e de turismo, que foram altamente prejudicados com isolamento social em decorrência da pandemia. “São setores que quase foram arrasados pela pandemia, ficaram muito tempo sem trabalhar e quem atendeu essas categorias, por meio da Assembleia Legislativa, foi a Desenvolve MT com recursos do Fundeic. Esses recursos precisam estar disponíveis para que a Desenvolve faça o financiamento”, esclareceu o deputado.

Outra possibilidade será a destinação de parte dos recursos próprios da Assembleia, como aporte para ajudar os pequenos empreendedores através da Desenvolve MT.

Os servidores entregaram uma pauta solicitando: aporte de recursos financeiros para custeio; emenda ao artigo 9º da Lei 11.308/2021 – vincular execução do fundo exclusivamente pela Desenvolve MT; acesso ao sistema de consignação de cartões de crédito Seplag – credenciadora dos bancos parceiros; apoio para destinação de recursos, visando a expansão das ações e apoio para a derrubada do veto do governo a emenda parlamentar das lideranças partidárias votada na Lei Orçamentária Anual – LOA – recursos de R$ 6 milhões.

ÁREAS E LINHAS DE CRÉDITO –

– Fungetur: Financiamento de infraestrutura física, máquinas, equipamentos e capital de giro para empresas que atuam no ramo do turismo.

– Desenvolve Transporte: Recursos para aquisição de veículos e embarcações, motores e acessórios, destinados à atividade econômica para produção ou circulação de bens ou serviços.

– Desenvolve Agro: investimento em Custeio e produção

– Microcrédito e Empresarial:  Financiamento de bens ou serviços necessários a implantação, adequação ou melhorias das instalações e capital de gira associado.

– Desenvolve Franquias : Apoiar as microfranquias

– Giro Mais: Financiamento de capital de giro destinado à realização de operações da empresa, tais como compra de matéria-prima, formação e/ou reposição de estoque e despesas administrativas

– Fundeic: Financiar atividades industriais e agroindustriais por meio do estímulo a melhoria da produtividade em empresas já constituídas ou novas nos setores do comércio, indústria, e agroindústrias.

– Inovacred : Financiar atividades inovadoras

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *