SALVE VIDAS: MT Hemocentro necessita de doadores voluntários de sangue

Embora haja a necessidade de todos os tipos sanguíneos, no momento, a carência maior é pelos tipos O Positivo (O+) e A positivo (A+)

O MT Hemocentro, único banco de sangue público de Mato Grosso, está com o estoque em situação crítica. Embora haja a necessidade de todos os tipos sanguíneos, no momento, a carência maior é pelos tipos O Positivo (O+) e A positivo (A+)

A doação de sangue no Brasil deve ser voluntária e gratuita e cada bolsa pode salvar até quatro vidas. O sangue coletado beneficia pessoas internadas em prontos socorros e hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Estado.

De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, o atendimento aos doadores continua sendo feito por agendamento por meio deste link. São atendidas dez pessoas por hora, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

“O agendamento é uma medida preventiva para evitar aglomeração e assegurar a saúde dos doadores e dos profissionais da unidade nesse período de pandemia da Covid-19”, explicou a gestora.

O banco de sangue público conta também com o apoio de instituições e entidades privadas, por meio de parcerias que ajudam a manter o estoque para abastecer as unidades de saúde. A exemplo disso é a campanha com a loja Divina Terra, que entregará um produto exclusivo, dentre os alimentos saudáveis que comercializa, aos doadores do mês de novembro.  

Entre os dias 4 e 30 deste mês, os doadores voluntários de sangue poderão solicitar à enfermagem do MT Hemocentro um atestado de doação ou o atestado de comparecimento e ir até a loja Divina Terra retirar o produto. É importante apresentar o comprovante de doação de sangue durante a retirada do brinde. Confira neste link as outras campanhas que ainda ocorrerão neste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *