Série A: Internacional vence Palmeiras na despedida de D’Alessandro

Ídolo colorado, meia argentino fez último jogo dele pelo clube gaúcho

Foram 517 jogos, 95 gols, sete títulos estaduais, duas Recopas Sul-Americanas e uma Libertadores. Vestindo a camisa do Internacional, Andrés D’Alessandro escreveu uma das mais belas histórias de um jogador estrangeiro no futebol do Brasil. Neste sábado (19), o meia de 39 anos se despediu do Colorado como ele queria: com vitória no Beira Rio. O time gaúcho bateu o Palmeiras por 2 a 0, pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e assumiu o quarto lugar, com 44 pontos, ultrapassando o próprio Verdão (41), que caiu para sexto.

D’Alessandro era cotado para sair jogando, mas o técnico Abel Braga optou pelo jovem meia Praxedes, de 20 anos, que vinha sendo titular antes de integrar a seleção brasileira sub-20. Aos 41 minutos da etapa final, o argentino entrou em campo no lugar do meia Patrick. Ao pisar no gramado, recebeu do volante Rodrigo Dourado a braçadeira de capitão. O sistema de som do vazio Beira Rio ecoou as músicas que a torcida canta em homenagem ao camisa 10.

Emocionado, D’Ale foi cumprimentado e erguido pelos companheiros após o apito final, além de receber o carinho da família e assistir a um vídeo com momentos dele vestindo a camisa do Inter e depoimentos de atuais e antigos parceiros de equipe. Em breve discurso, o meia agradeceu à torcida colorada pelo apoio ao longo dos 12 anos em que atuou pelo clube.

Inter decide na eficiência

O primeiro tempo foi truncado, com o Palmeiras tendo a posse na maior parte do tempo (54%), mas finalizando uma vez, sem perigo, e cometendo o dobro de faltas do adversário. O Inter, mais reativo, foi também mais perigoso. Aos dez minutos, após cruzamento do lateral Moisés da esquerda, cabeçada de Rodrigo Dourado e grande defesa do goleiro Weverton, a bola sobrou para o meia Edenilson, na pequena área, concluir para o gol vazio. O Colorado quase ampliou em escorada do atacante Thiago Galhardo aos 23 minutos, por cima da meta.

Na etapa final, as equipes mostraram mais ímpeto ofensivo. Especialmente o Palmeiras, que, em 15 minutos, criou cinco situações de gol, sendo duas com o volante Gabriel Menino, uma com o lateral Matías Viña e duas com os meias Zé Rafael e Gustavo Scarpa – que acabaram sendo travadas pela zaga colorada. O Inter respondeu aos 16, em cabeçada de Thiago Galhardo que resvalou no travessão antes de sair. Aos 21, o travessão salvou os gaúchos de gol contra do zagueiro Victor Cuesta, após cruzamento do lateral palmeirense Mayke.

O Alviverde seguiu pressionando. Dos 23 aos 33 minutos, foram mais quatro oportunidades, todas com finalizações imprecisas. Na máxima do “quem não faz, toma”, o Inter chegou ao segundo gol. Aos 37 minutos, o atacante Yuri Alberto foi lançado por Edenilson, ganhou da marcação na velocidade e tocou por cima de Weverton para ampliar. O Colorado administrou a vantagem a partir daí, dando tempo para D’Alessandro dar os últimos trotes e passes como jogador do clube gaúcho.

Sem D’Ale, o Colorado volta a campo no outro domingo (27), às 16h (horário de Brasília), contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 27ª rodada do Brasileiro. No mesmo dia, às 18h15, o Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino no Allianz Parque, em São Paulo. Antes disso, nesta quarta-feira (23), o Verdão joga em casa contra o América-MG, às 21h30, no duelo de ida do confronto pela semifinal da Copa do Brasil.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *