SES prepara programação virtual para discutir aleitamento materno e substitutos

Dentre as ações, está o encaminhamento de vídeo educativo para estabelecimentos comerciais, profissionais da saúde e fiscais das Vigilâncias Sanitárias dos municípios

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), por meio da equipe de Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde, mobilizou atividades para celebrar os 40 anos do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno, celebrado no dia 21 de maio, Dia Mundial de Proteção do Aleitamento Materno.

Dentre as ações, está o encaminhamento de vídeo educativo para os estabelecimentos comerciais sobre a importância do cumprimento da Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras (NBCAL). A atividade é coordenada pela professora e doutora Tatiana Bering, da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com o apoio da SES-MT.

O Escritório Regional de Saúde de Barra do Garças, produziu um vídeo técnico e educativo sobre a importância do monitoramento e da fiscalização do cumprimento da NBCAL, da Lei nº 11.265/06 e do Decreto Federal nº 9.579/18 para profissionais da saúde e fiscais das Vigilâncias Sanitárias dos municípios mato-grossenses.

Conforme a nutricionista e doutora Gláubia Relvas, a iniciativa fortalecerá a importância da atuação desses profissionais para a proteção do aleitamento materno.

Em ação parceira, o Super Mães Grupo de Apoio e a Associação de Doulas de Mato Grosso (Adomato) prepararam uma live para o dia 21 de maio, às 19h30, com o tema “A influência digital no desmame precoce”.

A transmissão ocorrerá por meio do Google Meet. O link da live será divulgado no Instagram dos grupos (@supermaescba e @adomatogrosso). Participarão da atividade a médica Maria Lúcia Futuro, membro do Amigas do Peito do Rio de Janeiro; a nutricionista e professora da UFMT, doutora Tatiana Bering e a também nutricionista e doutora Gláubia Relvas, servidora do Escritório Regional de Saúde de Barra do Garças.

O Núcleo de Apoio ao Aleitamento Materno Exclusivo (Naame) da UFMT do Araguaia, coordenado pela enfermeira e professora mestre Patrícia Fernandes, preparou um material informativo sobre a importância da proteção ao aleitamento materno, para que a população conheça as políticas públicas que protegem a amamentação e entenda como é possível contribuir para o cumprimento da Norma Brasileira. O documento também será enviado aos usuários do SUS.

Em parceria com a SES-MT e com o IBFAN Brasil, o Conselho Regional de Nutricionistas da 1° Região organizou uma Roda de Conversa virtual no dia 20 de maio, às 19h, para comemorar o Dia Mundial de Proteção do Aleitamento Materno e os 40 anos do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno.

Serão abordados temas, como: influência digital, Banco de Leite Humano, rede de apoio e a proteção legal do aleitamento materno. A plataforma de transmissão será comunicada pelo canal do CRN-1 Jovem/MT, no Instagram, pelo @crnjovem1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *