Suspeito é preso pela PM por atirar em colega de trabalho e colocar fogo na residência da vítima

Na manhã desta quarta-feira (24) a Polícia Militar prendeu um homem de 29 anos por assassinar à tiros   André Luiz Barbosa da Silva, de 34 anos e incendiar a casa da família da vítima, no último dia 20, em uma fazenda, em Cocalinho. O suspeito foi preso em uma propriedade rural no município de Novo Santo Antônio.

Após o registro do crime em Cocalinho, a PM realizava diligências para localizar o suspeito, quando recebeu informações nesta quarta-feira (23) sobre o paradeiro do suspeito. De imediato, os policiais foram até uma propriedade rural em Novo Santo Antônio, cercaram a região e prenderam o suspeito.

O homem que apresentava queimaduras pelo corpo confessou que atirou na vítima após um desentendimento entre eles por causa de uma dívida e que a arma de fogo utilizada seria de André. Segundo a esposa da vítima, o suspeito atirou em seu marido por causa de pagamento por um serviço prestado a seu marido. André teria contratado o suspeito para lhe auxiliar na prestação de serviços braçais na fazenda em que ele trabalhava.

A mulher disse que a vítima ainda não havia recebido para repassar o pagamento do suspeito.Após atirar na vítima, o suspeito colocou fogo na residência da família da vítima. A esposa e os três filhos conseguiram sair da casa em chamas e pediram socorro para a vítima que acabou não resistindo aos ferimentos e veio à óbito no local.

O homem foi encaminhado ao hospital para receber atendimento médico, pois apresentava diversas queimaduras pelo corpo e estava debilitado, em seguida a PM o conduziu à delegacia de Ribeirão Cascalheira

A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *