Título, Libertadores, queda e Sul-Americana: o que vale a última rodada do Brasileirão 2020

A última rodada do Campeonato Brasileiro promete emoções para todos os gostos. Sem campeão definido, com rebaixados praticamente certos, uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores e até um lugar na Copa Sul-Americana em jogo, o Brasileirão 2020 termina nesta quinta-feira.

Todas as partidas da 38ª e última rodada estão marcadas para 21h30 (de Brasília). Veja quais são:

A briga pelo título

Flamengo ou Internacional: um deles será o campeão brasileiro de 2020.

O Rubro-Negro, no entanto, depende apenas das próprias forças. Líder com 71 pontos, dois a mais do que o Internacional, o time carioca fica com o título em caso de vitória sobre o São Paulo, no Morumbi.

Do outro lado, o Internacional, além de obrigatoriamente ter de vencer o Corinthians no Beira-Rio, tem de contar também com empate ou derrota do Flamengo para o São Paulo. Aí, sim, será campeão.

Sendo assim, caso o Inter não vença o Corinthians, não importa o resultado do Morumbi: o Flamengo será o campeão brasileiro mesmo se empatar ou perder do Tricolor.

Vale vaga na fase de grupos da Libertadores

Os oito times brasileiros que vão disputar a Libertadores de 2021 já estão definidos: Flamengo, Internacional, Atlético-MG, São Paulo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras e Santos. O que resta saber é quem fica com a última vaga direta para a fase de grupos da competição sul-americana.

Então, vamos lá!

Essa vaga, no momento, está sendo disputada por São Paulo (quarto colocado, com 63 pontos) e Fluminense (quinto, com 61 pontos).

O time paulista, porém, depende de apenas de si: basta vencer o Flamengo no Morumbi.

Em caso de empate ou derrota, o São Paulo precisa que o Fluminense não vença o Fortaleza em jogo no Maracanã. Portanto, o time carioca, para ficar com essa vaga, precisa bater o seu adversário e isso combinar com tropeço do São Paulo contra o Flamengo.

Existe, porém, a possibilidade de abrir mais uma vaga direta para a fase de grupos da Libertadores via Brasileirão. Como o Palmeiras, campeão da edição de 2020, já tem lugar garantido na fase de grupos de 2021, se for também campeão da Copa do Brasil, o Verdão abre mais uma vaga, e o G-4 vira G-5.

Isso não ocorre em caso de título do Grêmio na Copa do Brasil, porque aí o time gaúcho, que pelo Brasileirão está indo para a chamada pré-Libertadores, ficaria com a vaga na fase de grupos.

Flamengo, Internacional e Atlético-MG já estão garantidos na fase de grupos. E o Santos está certo na pré-Libertadores, para enfrentar o Deportivo Lara, da Venezuela.

O fantasma da Série B

Os quatro rebaixados estão praticamente definidos. Botafogo, Coritiba e Goiás já estão na Série B da próxima temporada, enquanto o Vasco precisaria de um milagre para se salvar.

O time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo tem 38 pontos e ainda poderia alcançar o Fortaleza, primeiro fora da zona de rebaixamento, com 41.

Se vencer o Goiás em São Januário, o Vasco empataria em número de pontos e de vitórias com o adversário, que precisaria perder do Fluminense no Maracanã.

O grande problema para o time de Vanderlei Luxemburgo, porém, é o saldo de gols, próximo critério de desempate. O Vasco precisaria tirar 12 gols de saldo do Fortaleza para se salvar do rebaixamento, o que é praticamente impossível.

E a Copa Sul-Americana?

Athletico-PR, Corinthians, Red Bull Bragantino, Ceará e Atlético-GO já estão garantidos na edição de 2021 da competição continental. O Sport, com 42 pontos e na última colocação da zona de classificação, no entanto, ainda pode ser ultrapassado por Bahia e Fortaleza, que têm 41.

Ou seja, o time pernambucano, para assegurar a vaga sem necessitar de tropeços de Bahia e Fortaleza, precisa vencer o Athletico-PR, em Curitiba.

Já os outros dois, além de vencerem seus jogos (o Bahia contra o Santos, e o Fortaleza contra o Fluminense), precisam de tropeços dos outros dois times com o qual disputam essa vaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *