Haitiano com problemas mentais dá facada em PM e é morto a tiros no Novo Paraíso em Cuiabá

Haitiano R. L., de 48 anos, morreu no inicio da tarde desta terça-feira (10), após atacar um policial militar no Bairro Barreiro Branco, em Cuiabá. Conforme boletim de ocorrência, a mulher do haitiano teria chamado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) alegando que ele sofria de problemas psiquiátricos e estaria trancado há dois dias em um quarto da casa, onde o casal mora.

Além disso, ainda de acordo com a mulher, o marido a teria agredido no domingo (8). Ao chegar no local, a equipe do Samu acionou a Polícia Militar porque o homem estava apresentando resistência e se negava a sair do quarto. Dois policiais militares foram atender a ocorrência quando, segundo o boletim de ocorrência, o haitiano saiu do quarto, pegou uma faca que estava escondida e partiu para cima de um dos policiais.

O outro PM, na tentativa de defender o colega que foi atingido por uma facada na cabeça, atirou no haitiano que morreu. O local foi isolado e uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi ao local. O soldado foi encaminhado para um hospital particular de Cuiabá e não corre risco de morte. A Corregedoria da Polícia Militar está acompanhando a ocorrência e instaurará procedimento para apurar a conduta dos policiais.

Fonte: Rafael Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *