TRAIÇÃO E PODER: Bispo do Balanço Geral deixa Igreja Universal após escândalo de adultério

Um dos homens de confiança de Edir Macedo, com espaço privilegiado na programação da Record, o bispo Rogério Formigoni deixou a Igreja Universal do Reino de Deus, após ter sido acusado de “conduta inapropriada” ao admitir ter trocado mensagens com uma mulher casada. Autor do best seller A Última Pedra, Formigoni apresentava quadro da igreja no Balanço Geral SP e programa sobre drogas na RedeTV.

O escândalo estourou há dois meses, mas o afastamento de Formigoni só foi sacramentado na semana passada. Ele não aceitou o castigo imposto pelo bispo Renato Cardoso, genro de Macedo e atual líder da igreja, e deixou a congregação. Na última quarta (30), a Universal publicou em seu site uma nota que, para muitos, foi extremamente prejudicial ao religioso que fez fama usando a fé contra as drogas.

Mas, afinal, o que Formigoni fez de tão grave?

Segundo uma pessoa próxima a ele, teria apenas respondido, no WhattsApp, a uma mulher que o elogiara fisicamente. A mensagem no celular teria sido flagrada pelo marido da fiel, e o próprio bispo procurou a cúpula da igreja para relatar o ocorrido. Ele foi imediatamente destituído de suas funções pelo também midiático Renato Cardoso, apresentador do Love School ao lado de sua mulher, Cristiane Cardoso.

Renato Cardoso teria determinado a Formigoni que ele passasse a pregar nos Estados Unidos. O castigo, visto como muito duro, seria uma forma de tirar Formigoni do “radar do poder” de Cardoso.

Fonte: Noticias da TV

3 thoughts on “TRAIÇÃO E PODER: Bispo do Balanço Geral deixa Igreja Universal após escândalo de adultério

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *