Três pessoas são presas em flagrantes após roubarem mercado em Rondonópolis; veja o vídeo

Sávio Eloi de Santana, Willian Silva de Almeida e Lucas Arruda Padilha da Silva foram presos em flagrante  no início da noite deste sábado (07) acusados de roubo, disparo de arma de fogo e formação de quadrilha.

Conforme consta no boletim de ocorrência nº 2019.366168 policiais militares do 5º BPM da cidade de Rondonópolis foram acionados para atender uma ocorrência de roubo no Mercado Souza, localizado no Residencial Casaldaliga, onde segundo as informações quatro indivíduos teriam adentrado o estabelecimento comercial e após efetuarem disparos de arma de fogo foragiram do local.

Os militares em diligências lograram êxito em localizar o suspeito identificado como Sávio nas proximidades da UFR que relatou que ao chegarem ao estabelecimento comercial e anunciaram o roubo teriam escutado um barulho semelhante a disparo de arma de fogo e que saíram correndo do local.

O suspeito disse ainda a rama de fogo utilizada no robô estava em seu poder, porém havia desmuniciado e jogado as 03 munições no mato. Os militares realizaram a varredura no local e localizaram a arma e 02 munições.

O suspeito identificado como Willian foi detido pela Força Tática e segundo vítima teria sido ele que havia recolhido o dinheiro do caixa, sendo o dinheiro localizado nos bolsos do suspeito.

O suspeito Lucas foi detido dentro do veículo utilizado para a realização do crime tentando foragir do local.

A vítima relatou aos militares que teria visualizado a ação dos marginais pelo sistema de monitoramento do estabelecimento quando os marginais renderam os funcionários  e que ela teria saído gritando  e os suseitos evadiram se do local.

A vítima seguiu os marginais e ao perceberem que estavam sendo seguidos um dos suspeitos teria apontado uma arma de fogo em sua direção, mas a arma falhou.

Um quarto suspeito conseguiu foragir deixando um aparelho de celular com sua foto no interior do veículo.

Os suspeitos confessaram a participação no crime e foram conduzidos à Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *