VEM SER MAIS SOLIDÁRIO: Campanha distribui mais de 3 mil cestas básicas em uma semana

Ação coordenada pela primeira-dama Virginia Mendes prioriza famílias de extrema pobreza e pessoas em situação de vulnerabilidade social, afetadas pela pandemia causada pelo novo coronavírus

A mão protetora do Governo do Estado de Mato Grosso tem chegado diretamente aos mais carentes e necessitados neste momento de pandemia do novo coronavírus. Somente nesta última semana, foram distribuídas mais de três mil cestas básicas arrecadadas pela campanha ‘Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus’, coordenada diretamente pela primeira-dama Virginia Mendes e em conjunto com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Entre os beneficiados estão instituições filantrópicas e famílias moradoras das regiões mais periféricas de Cuiabá e Várzea Grande. Como é o caso da comunidade Terra Prometida, onde moram aproximadamente 500 famílias, sendo que 150 são de haitianos.

Instalada aos fundos do bairro Novo Paraíso, a comunidade aguarda o processo de regularização do bairro e as famílias residem de maneira precária, em barracos, sem asfalto, rede de água e esgoto.

Desempregada, Mariulza Silva, de 41 anos, mora com o marido, também desempregado e disse que a cesta básica foi a ‘salvação’ do mês. “Só quem mora aqui sabe as dificuldades que atravessamos. E esse vírus veio para piorar ainda mais a situação, que já não era fácil. Esse sacolão vai garantir comida na nossa casa e louvo a Deus por isso”, disse.

A costureira Hilda Aparecida Pereira, de 57 anos, está desempregada. Hipertensa, ela é do grupo de risco e disse que sem poder trabalhar não tem como por comida dentro de casa. “Na minha casa ainda tem meu esposo e minha neta e nenhum dinheiro tá entrando. Agradeço muito esta ajuda do Governo, pois sem isso estaríamos passando fome”, contou a senhora.

Assim como dona Hilda e Mairulza, todas as demais famílias que estão recebendo a cesta da campanha Vem Ser Mais Solidário se encontram nesta situação de extrema vulnerabilidade social.

De acordo com a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, Mato Grosso possuía, antes da pandemia do novo coronavírus, mais de 300 mil famílias inseridas no Cadastro Único na faixa de extrema pobreza e pobreza. “São famílias cuja renda per capita é de até R$ 89,00 mensal, como estas que moram aqui no Terra Prometida, nos aterros sanitários, e em tantos outros locais. Depois da pandemia estimamos que este número vá aumentar ainda mais e por isso nossa primeira-dama está a todo vapor na arrecadação e na mobilização de doações”, explicou Rosamaria.

A primeira-dama Virginia Mendes não tem medido esforços para aumentar as arrecadações e tem feito articulações com empresários, instituições e associações comerciais e conclamando a sociedade em geral para somar, doando alimentos ou recursos. “Somente com união vamos conseguir multiplicar e chegar até os mais necessitados. São muitas famílias, muitas instituições precisando e se cada um doar um pouco poderemos ajudar muito mais. Agradeço a Deus todos que já colaboraram e reforço que o momento é de urgência. A fome dói e mata, por isso Mato Grosso está unido para salvar vidas”, destacou a primeira-dama.

Interior

No início da próxima semana, as cestas básicas da campanha Vem Ser Mais Solidário começarão a chegar aos demais municípios do interior de Mato Grosso. As entregas e distribuição dos alimentos está sendo organizada pela Setasc em parceria com a Polícia Militar, que ajudará na logística de entrega.

Saiba como ajudar

Se você quer doar alimentos, materiais de limpeza pode procurar a Arena Pantanal, em Cuiabá, ou os principais supermercados: Big Lar, Comper e Atacadão. Quem preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0. CNPJ 03.507.415/0009-00. Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *