Vereador Jânio Calistro é denunciado por associação para o tráfico de drogas

Jânio Calistro foi preso em 19 de dezembro na operação ‘Cleanup’, por supostamente estar associado a um grupo de traficantes que agia na região.

O vereador por Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, Calistro Lemes do Nascimento, o Jânio Calistro (PSD), foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) por associação para o tráfico de drogas. Outras 34 pessoas também foram denunciadas.

Parte do grupo pode responder também pela prática dos delitos de tráfico de drogas consumados em momentos e circunstâncias distintos. A denúncia é resultado da operação Cleanup. Ainda existem outros inquéritos policiais em andamento resultantes da mesma operação.

Por conta do número excessivo de denunciados e da complexidade dos fatos, o Ministério Público requereu a cisão dos fatos criminosos em denúncias separadas. A medida visa assegurar a agilidade do processo, principalmente em relação aos denunciados que estão presos cautelarmente.

Segundo o Ministério Público, provas revelam que entre os denunciados alguns praticaram outras condutas que podem configurar, em tese, crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro. Os fatos ainda estão sendo investigados e devem resultar em novas denúncias.

A 2ª Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Várzea Grande requereu ao Poder Judiciário que seja determinado o desmembramento dos fatos apurados e o compartilhamento da prova produzida com o Grupo de Atuação Especial Contra o crime Organizado (Gaeco) para aprofundamento das investigações.

Além do vereador, foram denunciados: Lauriano Silva Gomes da Cruz, Antonino Getúlio da Cunha, Enivaldo Barbosa da Silva, João Vanderson Silva da Cunha, Eduardo Getúlio da Cunha, Bento Getúlio da Cunha, Jhonny Brendo Maciel de Souza, Reginaldo da Silva Rios, Evandro Maurílio Silva Costa, Yago Nunes Maia, Luiz Felipe da Silva, Marcos Henrique da Silva Nogueira, Reinaldo Francisco de Almeida, Luiz Henrique Wolker dos Santos, Thiago Oliveira Soares, Mauro Martins de Campos, Cedemilson Marques da Cruz, Uilian Gesse da Silva, Domingos Inocêncio da Silva, Joscimar dos Santos Oliveira, Cleiton da Silva, Kellen Auxiliadora Martins, Everton Garcia de Oliveira, Jonathan Magalhães da Silva, Cleiton de Souza Mangela, José Carlos da Silva, André da Silva Geraldo, Cleidiane Souza Santos, Dainey Aparecido da Costa, Rômulo de Souza Mangela, Lauro da Silva Gomes, Gabriele Ferrer da Silva, Ednelson Duarte da Silva, Jefferson Pereira da Silva.

A prisão

Jânio Calistro foi preso em 19 de dezembro na operação ‘Cleanup’, realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, por supostamente estar associado a um grupo de traficantes que agia na região.

De acordo com a DRE, a operação, além da prisão do vereador, também cumpriu um mandado de busca e apreensão contra ele. O vereador, inclusive, orientava algumas compras e vendas de drogas para os traficantes. A polícia não informou se ele confessou ou negou a participação dele.

Operação “Cleanup

Cinquenta e seis ordens judiciais, entre mandados de prisões e de buscas e apreensões domiciliares foram cumpridos no dia 19 de dezembro pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

As ordens judiciais, sendo 23 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão, foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com objetivo de combater a ação de traficantes que atuavam, principalmente, no município.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *