Vinte tabletes de maconha são apreendidos em residência usada para o tráfico, no bairro Cidade Verde

Quatro pessoas foram detidas, sendo um adulto e três adolescentes

Vinte tabletes de maconha foram apreendidos pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, nesta quarta-feira (10.02) em Cuiabá. Na ação quatro pessoas, entre elas três menores de idade, foram presas em flagrante.

Além da quantidade de droga, o trabalho operacional deflagrado no bairro Cidade Verde, resultou na apreensão de 20 munições intactas de calibre 44.

O suspeito de 20 anos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação com causa de aumento de pena por envolver menores de idade e posse irregular de munições de uso permitido.

Um adolescente de 16 anos e outras duas garotas foram autuados em flagrante por ato infracional análogo aos mesmos crimes.

As diligências iniciaram após denúncia sobre um endereço na Capital utilizado pelos moradores para venda de drogas. Com base nas informações, o local passou a ser monitorado pela equipe da DRE para apurar as informações.

Durante vigilância nas proximidades do imóvel, os investigadores identificaram a movimentação característica de tráfico, com intenso fluxo de pessoas e os moradores do local fazia algazarra e constantemente era percebido odor de entorpecentes.

No final da manhã desta quarta-feira (10), os policiais da DRE avistaram quando um rapaz saiu da residência, momento em que foi abordado. Ao ser questionado sobre substância ilícita no local, ele negou que havia drogas e autorizou a entrada na casa.

Em buscas na casa, foram encontrados em um quarto os 20 vinte tabletes de maconha, que estavam no chão ao lado do guarda-roupa, além de uma capa de colete balístico de cor preta. No forro da parte externa da área foi localizada uma sacola com as munições intactas.

Ainda no interior da casa estavam o adolescente, apontado como morador, e mais duas menores de idade. Após o flagrante, os quatro envolvidos foram encaminhados até a DRE junto com os materiais apreendidos.

Depois de interrogado, o jovem de 20 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico e posse irregular de munições de uso permitido, sendo posteriormente apresentado para audiência de custódia da Justiça. 

Já os três adolescentes foram ouvidos e autuados no ato infracional análogo aos mesmos crimes. Depois, foram levados à Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) para continuidade às providências que o caso requer.

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *