Viúva de João Alberto recusa R$ 1 milhão de indenização do Carrefour

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto em um Carrefour em Porto Alegre (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

A viúva de João Alberto, Milena Borges Alves, recusou R$ 1 milhão em proposta de acordo com o Carrefour. Seu marido morreu após ter sido espancado por dois seguranças em uma unidade da rede na zona norte de Porto Alegre (RS), em 19 de novembro do ano passado. As informações são do UOL.

De acordo com a reportagem, os advogados de Milena devem entrar na Justiça e cobrar entre R$ 10 milhões e R$ 15 milhões. Metade do valor seria por indenização por dano moral e a outra metade por dano material.

Seis pessoas viraram réus por homicídio triplamente qualificado, sendo que dois seguranças foram presos no dia do crime. Segundo o UOL, os advogados de Milena dizem que encerraram as negociações com a empresa no último dia 24, porém o Carrefour contesta a informação da família e diz estar negociando indenização com o Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *